PUBLICIDADE
Topo

Operação no Rio investiga fraudes de R$ 5,7 milhões no INSS

Sergio Moraes
Imagem: Sergio Moraes

27/05/2020 07h49

Policiais federais deflagraram hoje (27) uma operação contra fraudes na previdência social. A Operação Lazarus é resultado de uma investigação que teria identificado uma organização criminosa que reativava, de forma irregular, benefícios previdenciários que haviam sido suspensos por falta de "fé de vida".

Segundo a Polícia Federal, as fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) chegaram a R$ 5,68 milhões, dos quais R$ 2,6 milhões já foram recuperados aos cofres públicos.

Os policiais cumprem cinco mandados de busca e apreensão na capital do Rio de Janeiro e mais duas cidades do estado: Belford Roxo e Mesquita.

Também estão sendo cumpridas medidas de sequestro de bens dos investigados e afastamento de servidor do INSS.

De acordo com a PF, as fraudes foram detectadas pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária, do Ministério da Fazenda.

Notícias