Matarazzo reforça oposição à Dilma e espera saída de Kassab do governo

São Paulo - O vereador Andrea Matarazzo, que formalizou nesta quarta-feira, 30, sua entrada no PSD, disse que sua posição contrária ao PT e à gestão da presidente Dilma Rousseff continua a mesma. O PSD integra a base aliada do governo petista e o presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, é ministro das Cidades. Ele poderia deixar o ministério, segundo sinalizou Matarazzo.

Em entrevista coletiva, Matarazzo disse que vai continuar participando dos protestos contra o governo Dilma. "Não há mais governo, o impeachment da Dilma é uma realidade e há a expectativa de que Kassab esteja saindo do ministério."

Questionado se tinha conversado com Kassab sobre essa possibilidade, Matarazzo tergiversou e disse que ele não lhe deu essa garantia. Os dois, segundo o vereador, não conversaram a esse respeito. "Meu foco não é nacional, o meu foco é contribuir com São Paulo."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos