PUBLICIDADE
Topo

Com 22 deputados, PRB fecha questão a favor do impeachment

Primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur é deputado do PRB - Alan Marques/ Folhapress
Primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur é deputado do PRB Imagem: Alan Marques/ Folhapress

Em Brasília

12/04/2016 19h34

O PRB anunciou que sua bancada, tanto na Câmara quanto no Senado, votará integralmente a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O partido possui 22 deputados e um senador.

O anúncio foi feito no início da noite desta terça-feira pelo presidente do partido, Marcos Pereira, acompanhado de deputados do PRB e pelo senador Marcelo Crivella (RJ). Segundo Pereira, não haverá punição a dissidentes porque "todos os parlamentares concordaram com a decisão".

"Por unanimidade o partido decidiu votar favorável ao impeachment. Era um tema que vínhamos sendo questionados pela sociedade desde quando deixamos a base do governo para nos tornarmos independentes no Congresso", disse. O partido, que controlava o ministério do Esporte, compôs a base do governo até março deste ano, quando decidiu pela independência.

De acordo com Pereira, o partido tomou a decisão após analisar em detalhes o processo, tanto o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), quanto a defesa feita pelo Advogado Geral da União, José Eduardo Cardozo. Também pesou na decisão os planos do partido para as eleições municipais deste ano. O partido terá candidatos em oito capitais, entre elas São Paulo, com Celso Russomanno, e Rio de Janeiro, com Marcelo Crivella.

Placar do impeachment

Levantamento diário do jornal "O Estado de S. Paulo" mostra como os deputados estão direcionando seus votos para o impedimento ou não da presidente Dilma Rousseff.
 
Clique aqui para conferir como está o placar (e que está aberto a mudanças)