Trânsito para uns, alívio para outros: paralelas à Paulista ganham faixa de ônibus

  • Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo

    Faixa exclusiva de ônibus na alameda Santos causou trânsito neste domingo

    Faixa exclusiva de ônibus na alameda Santos causou trânsito neste domingo

O primeiro dia de funcionamento das faixas exclusivas de ônibus nas vias paralelas à Avenida Paulista, região central, registrou aumento de lentidão para carros e redução do tempo de viagem para os passageiros de ônibus e de táxis. Alguns motoristas de automóveis se confundiram com a nova regra e invadiram a faixa exclusiva.

Consultada, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) não informou, até as 18 horas, se algum veículo foi multado ou se haverá um período de adaptação para os condutores.

As novas faixas à direita serão implantadas sempre que a avenida Paulista estiver interditada para carros, como em dias de protestos ou aos domingos, quando a via é fechada para o tráfego de veículos. No sentido Paraíso, a faixa foi instalada na Alameda Santos e em parte das ruas Cubatão e Abílio Soares. Já no sentido Consolação, a via para circulação exclusiva dos coletivos foi montada nas ruas Cincinato Braga, São Carlos do Pinhal e Antonio Carlos.

No início da tarde deste domingo, 10, o trânsito intenso para carros se concentrava no trecho da Alameda Santos entre as ruas da Consolação e Padre João Manuel. A lentidão começava antes mesmo do acesso para a via, já na Avenida Doutor Arnaldo.

"Demorei um pouco a mais de tempo para percorrer a Alameda Santos inteira. Geralmente, de domingo, levo uns 10 minutos, mas hoje levei uns 15. E só vi dois ônibus passando pela faixa", diz a analista de marketing Bruna Hsu, de 27 anos.

Acredito que não tinha necessidade de montar uma faixa exclusiva só para eles"

Bruna Hsu, 27

Encarregado em um estacionamento da região, Geânio Graciano Dias, de 53 anos, também notou aumento dos congestionamentos naquele trecho. "Aqui já é sempre meio parado, principalmente na hora do almoço, mas hoje foi pior. Muitos clientes reclamaram", afirma.

Já entre os motoristas e passageiros de ônibus e táxis, o alívio no tempo de viagem foi sentido. "Já cheguei a demorar 30 minutos para percorrer este trecho, mas hoje foi 20 minutos ou até menos", diz o promotor de merchandising Erik da Silva, de 25 anos, que mora na Freguesia do Ó (zona norte) e trabalha na região do Paraíso.

Hoje foi rapidinho, compensou o trânsito que a gente estava pegando por causa do fechamento da Paulista

Geraldo Rodrigues, 60, motorista de ônibus

"Essa região é sempre complicada, seja de dia de semana, seja aos domingos, mas hoje até que achei mais tranquilo porque a gente pode usar a faixa exclusiva para os ônibus", diz o taxista Carlos Alberto, de 35 anos.

Faixas avisam sobre mudança

A reportagem fez os trajetos completos em carro nos dois sentidos e levou 17 minutos no sentido Paraíso, com congestionamento observado somente no trecho inicial da Alameda Santos. A partir da Rua Padre João Manuel, o tráfego fluiu bem até a Rua Cubatão. No sentido Consolação, a lentidão se concentrava na Rua Antonio Carlos, entre as ruas Frei Caneca e Consolação. O trajeto completo foi feito em 18 minutos.

A CET instalou faixas avisando sobre a nova recomendação, além de placas com sinais amarelos piscantes para informar quando a faixa estará em funcionamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos