PUBLICIDADE
Topo

'Creio que votação vai ficar para amanhã', diz Lewandowski

Presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski comanda o julgamento do impeachment - Alan Marques - 27.ago.2016/ Folhapress
Presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski comanda o julgamento do impeachment Imagem: Alan Marques - 27.ago.2016/ Folhapress

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski, disse nesta terça-feira (30), acreditar que a votação final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff deve ficar para esta quarta-feira (31). O ministro afirmou que pretende concluir ainda nesta terça a fase de discursos dos senadores, mas acredita que o tempo não permitirá fazer o julgamento na mesma data.

"Temos mais de 60 inscritos, creio que 61. Pretendo impreterivelmente terminar a fase de oradores (hoje)", afirmou Lewandowski em rápida entrevista dentro do plenário do Senado. "Se for possível, mas creio que o tempo não permitirá, faríamos o julgamento hoje. Creio eu vai ficar para amanhã", acrescentou o presidente do Supremo.