Operação Lava Jato

Vereador quer tirar título de Cidadão Paulistano de Marcelo Odebrecht

De São Paulo

  • Rodolfo Burher/Reuters

    Marcelo Odebrecht, ex-presidente de Odebrecht, escoltado pela polícia

    Marcelo Odebrecht, ex-presidente de Odebrecht, escoltado pela polícia

O vereador Gilberto Natalini (PV-SP) enviou um ofício à Câmara de Vereadores de São Paulo pedindo a anulação do título de Cidadão Paulistano ao empreiteiro Marcelo Odebrecht, nascido em Salvador. Na avaliação de Natalini, o executivo não é "merecedor" da honraria.

Marcelo Odebrecht foi preso na Operação Lava Jato em 19 de junho de 2015. Condenado a 19 anos e 4 meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa, o empreiteiro tenta fechar sua delação premiada e conseguir benefícios como redução de pena.

A homenagem a Marcelo Odebrecht foi concedida em 2012 pelo então vereador Francisco Chagas (PT). Naquele ano, o empreiteiro era diretor-presidente da Odebrecht.

Segundo Natalini, "há provas suficientes demonstrando que Marcelo Odebrecht não é merecedor de um título importante como o de Cidadão Paulistano". "É mais que provado que Marcelo Odebrecht está envolvido em atos de corrupção contra o erário e que o empresário foi um dos chefes do Petrolão", disse o vereador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos