PF investiga gráficas acusadas de produzir material irregular de campanha em MT

São Paulo - A Polícia Federal investiga estabelecimentos gráficos de Sinop, no norte de Mato Grosso, a quarta maior cidade do Estado, suspeitos de fazer material ilegal de campanha eleitoral, com injúrias à "honra" de aspirantes a cargos eletivos.

A PF efetivou nesta sexta-feira, 30, oito ordens de busca e apreensão determinadas pela Justiça Eleitoral da cidade. Segundo a apuração da polícia, as oficinas gráficas averiguadas teriam imprimido textos com insultos a candidatos para serem espalhados nos últimos dias de campanha. O material encontrado foi recolhido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos