Furacão Matthew causou ao menos 17 mortes nos EUA

Em Florence

  • Andrew Craft/The Fayetteville Observer/AP

    Homem se segura em placa de trânsito em meio a inundação em Hope Mills, Carolina do Norte (EUA)

    Homem se segura em placa de trânsito em meio a inundação em Hope Mills, Carolina do Norte (EUA)

O furacão Matthew causou pelo menos 17 mortes nos Estados Unidos até o momento, com sete delas ocorrendo no Estado da Carolina do Norte.

O furacão foi rebaixado a ciclone pós-tropical no início deste domingo (9), com ventos de 120 km/h. No Haiti, onde Matthew passou com mais intensidade na semana passada, o número de mortes confirmadas chegou a 336 e há mais de 60 mil pessoas deslocadas de suas casas.

O furacão Matthew começou a se formar no Oceano Atlântico há duas semanas e foi gradualmente se transformando numa tempestade de categoria 4, quando atingiu o Caribe. Após passar pelo Haiti, pela Jamaica e por Cuba, o furacão subiu para os EUA, na costa da Flórida.

Felizmente, a tempestade não chegou a terra firme e poupou o estado de uma devastação maior. Quando finalmente alcançou terra firme no sábado, na Carolina do Sul, Matthew já havia caído para a categoria 1 de furacão.

De acordo com o governador da Carolina do Norte, Pat McCrory, foram acionadas 58 equipes de resgate que já salvaram 887 pessoas em áreas inundadas. Há socorro adicional a caminho para ajudar a população que vive em áreas rurais, onde o serviço de emergência 911 está indisponível. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos