PUBLICIDADE
Topo

Manifestantes trazem cavalos à Esplanada dos Ministérios em apoio à vaquejada

Manifestantes protestam na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, contra decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir a vaquejada no país - José Cruz - 25.out.2016/Agência Brasil
Manifestantes protestam na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, contra decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir a vaquejada no país Imagem: José Cruz - 25.out.2016/Agência Brasil

De Brasília

25/10/2016 10h56

Manifestantes que defendem a liberação da prática da vaquejada em todo o país fazem na manhã desta terça-feira (25) um protesto na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Vaqueiros de todo o país trouxeram cavalos para o gramado central e contestam a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que tornou a inconstitucional a lei cearense que regulamentava a prática naquele Estado.

No dia 6 deste mês, o STF decidiu por 6 votos a 5 que a vaquejada é uma prática de maus-tratos e crueldade contra animais. Na ocasião, o governo do Ceará defendeu que a vaquejada se tratava de patrimônio cultural do povo nordestino.

Muito popular na região Nordeste, a vaquejada é uma atividade recreativa em que dois vaqueiros, montados em cavalos distintos, buscam derrubar um boi, puxando-o pelo rabo. Nesta terça, as comissões de Esporte e Meio Ambiente farão uma audiência pública para debater o tema.

A manifestação foi organizada pela Força Sindical, em conjunto com a Associação Brasileira de Quarto de Milha (ABQM) e a Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ). Segundo a entidade sindical, a atividade emprega 700 mil trabalhadores.