Após hostilidade na campanha, clima é tranquilo na votação em Ribeirão Preto

Ribeirão Preto - Após uma campanha hostil entre os candidatos a prefeito de Ribeirão Preto (SP) - o deputado Duarte Nogueira (PSDB) e o vereador Ricardo Silva (PDT) - a votação no segundo turno segue tranquila neste domingo (30) na cidade do interior paulista. Até as 15h, segundo a Justiça Eleitoral, não houve qualquer incidente e apenas três urnas eletrônicas do município apresentaram problemas e foram substituídas, mas sem causar atraso.

Silva foi o primeiro candidato a votar, às 9h30, em uma escola municipal e, segundo sua assessoria de imprensa, deve acompanhar a apuração em casa com familiares. Já Nogueira votou às 10h30 em um colégio particular. Ao contrário do adversário, às 18h ele é esperado em seu comitê eleitoral, de onde acompanhará o resultado da eleição.

Segundo a última pesquisa do Ibope, divulgada neste sábado (29) pela EPTV/Globo, há um empate técnico entre os candidatos. Nogueira tinha 51% das intenções de votos e Silva, 49%. A margem de erro é de quatro pontos porcentuais para cima ou para baixo.

Prefeita da cidade desde 2009, Dárcy Vera (PSD) não deve votar no segundo turno, de acordo com assessores. Ela chegou a ser internada esta semana com problemas gástricos e intestinais e ainda estaria em recuperação e repouso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos