Estado do Rio registra mais de 15 mil casos de chikungunya

Rio de Janeiro - O Estado do Rio de Janeiro registrou um crescimento no número de notificação e de mortes por febre chikungunya. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde, foram notificados este ano 15.149 casos da doença, com dez mortes.

Em 2015, foram 105 casos, sem registro de óbitos pela doença. O órgão informou, porém, vem apresentando uma queda gradativa no número de notificações desde a 17ª semana epidemiológica (entre 24 e 30 de abril).

A infecção leva pacientes a terem dores crônicas, problemas nas articulações que muitas vezes impedem a realização de atividades corriqueiras, como pentear o cabelo, alimentar-se sozinhas e, em consequência, trabalhar. A doença também pode provocar a morte.

Até agora, no Brasil foram registrados 138 óbitos pela chikungunya. O número de casos de chikungunya deste ano é quase 10 vezes maior do que no ano passado no País. Até agora, foram registrados 251.051 casos. Em 2015, foram 26.435. O número de mortes também preocupa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos