Governo cria centro integrado para combater incêndios no País

Brasília - O presidente Michel Temer e o ministro de Meio Ambiente, José Sarney Filho, instituíram o Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional Nacional (Ciman), que tem como objetivo monitorar a situação de queimadas e incêndios florestais no Brasil. A decisão consta de decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 25.

O órgão terá caráter consultivo e deliberativo e será coordenado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), por meio do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo).

Além da pasta do Meio Ambiente, outros ministérios irão compor o novo centro, que também irá gerir o já existente Ciman Virtual, site coordenado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) para monitorar e combater em tempo real queimadas e incêndios no País. O Inpe, que é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, também integrará o Ciman.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos