PUBLICIDADE
Topo

Sucuri entope tubulação e deixa moradores sem água no interior de SP

22/02/2017 17h19

Sorocaba - Ao investigar as causas da falta de água em algumas regiões da cidade, na terça-feira, 21, funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) acharam uma sucuri de quase quatro metros na tubulação, em Cordeirópolis, no interior de São Paulo.

O réptil, que já estava morto, entupia o cano e impedia a passagem da água que deveria chegar à estação de tratamento. Os funcionários precisaram desmontar a adutora e fazer uma operação para retirar o animal do cano.

De acordo com o dirigente do Saae, Luiz Silva, já foram vistas sucuris na Represa do Cascalho, onde é captada a água que abastece parte da cidade. Ele acredita que a cobra tenha sido sugada pelos tubos que extraem a água bruta e a lançam no sistema de captação.

Técnicos da autarquia notaram que as bombas estavam com um barulho estranho e descobriram a cobra morta. A operação para retirada do animal e limpeza do sistema exigiu a paralisação no bombeamento.

O abastecimento já foi retomado, mas só será normalizado nesta quarta-feira, 22. De acordo com Silva, além de inusitado, o fato comprova a existência de sucuris na cidade, o que antes era considerado lenda urbana.

"Existem muitos relatos dessa espécie de cobra na represa, eu mesmo já encontrei uma, mas muitas pessoas duvidavam que as sucuris vivessem por aqui."