Líder do PSB avisa que manterá na CCJ deputados aliados do governo

Daiene Cardoso

Brasília

Em meio à mobilização da base governista para acompanhar o posicionamento dos parlamentares ou mesmo trocar membros titulares da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a líder do PSB, Tereza Cristina (MS), avisou que não mudará as indicações no colegiado. Em nota, Tereza informou que manterá na comissão os governistas Danilo Forte (PSB-CE) e Fábio Garcia (PSB-MT) como titulares, independente da possibilidade de recomendação da direção do partido para que eles não votem.

"Enfatizamos que a prerrogativa de indicar membros de comissão na bancada socialista é do líder do PSB na Câmara. Reitero que não substitui ninguém da CCJ e não o farei", diz a deputada. Tereza Cristina é aliada do presidente Michel Temer e foi vice-líder do governo na Câmara.

Como informou o Broadcast Político ontem, a direção do partido estuda fechar questão à favor da denúncia contra Temer. Como Forte e Garcia (PSB-MT) são alinhados com o Palácio do Planalto, a cúpula do PSB deve pedir para que eles deixem de votar a admissibilidade, o que abriria espaço para que os suplentes anti-governo votem de acordo com a orientação partidária.

Embora tenha como titular do Ministério de Minas e Energia o deputado licenciado Fernando Coelho Filho (PE), o Executiva do partido decidiu ir para a oposição. Na semana passada, a sigla pediu a renúncia de Temer em seu programa partidário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos