PUBLICIDADE
Topo

Goldman pode ser alternativa a Tasso no comando do PSDB

Vera Rosa e Lu Aiko Otta

Brasília

24/08/2017 07h59

Depois de muito bate-boca e confusão, a ala do PSDB contrária à permanência do senador Tasso Jereissati (CE) como presidente interino do partido retomou as articulações para tentar substituí-lo. Com apoio do Planalto, o nome sugerido por grupo de tucanos paulistas foi o do ex-governador de São Paulo Alberto Goldman.

 

Um dos sete vice-presidentes do PSDB, Goldman estava nesta quarta-feira, 23, em Brasília, mas desconversou ao ser questionado sobre o assunto. A principal resistência ao seu nome está em São Paulo. O prefeito João Doria, que chegou a ser chamado por ele de "desgraça para o PSDB", e o governador Geraldo Alckmin preferem a manutenção de Tasso até a convenção. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.