DOU traz nomeação de nove ministros que foram exonerados para votação da denúncia

Sandra Manfrini

Brasília

Nove ministros que haviam sido exonerados na semana passada para reassumirem o mandato de deputado federal foram nomeados novamente para o cargo, em atos publicados em edição extra do Diário Oficial da União que circula na tarde desta quinta-feira, 26. Voltam aos cargos os ministros Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo); Mendonça Filho (Educação); Bruno Araújo (Cidades); Leonardo Picciani (Esporte); Fernando Coelho Filho (Minas e Energia); José Sarney Filho (Meio Ambiente); Ronaldo Nogueira (Trabalho); Marx Beltrão (Turismo); e Maurício Quintella (Transportes).

Com exceção de Fernando Coelho Filho, todos foram exonerados na última sexta-feira, 20, para que pudessem retomar os mandatos de deputado federal para participarem da votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, reforçando o quórum a favor do presidente. Fernando Coelho Filho tinha sido exonerado dois dias antes, na segunda, 18. Além de participarem da votação na Câmara, os ministros foram exonerados para que pudessem apresentar emendas individuais ao orçamento de 2018. O prazo para o protocolo das emendas terminou na sexta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos