Reforma da Previdência

Temer diz que vai verificar votos para aprovar PEC da Previdência até 6ª feira

Marianna Holanda

  • Denny Cesare/Estadão Conteúdo

    O presidente Michel Temer (PMDB) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) participam da cerimônia de entrega de 896 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida, na cidade de Americana (SP), neste sábado (03)

    O presidente Michel Temer (PMDB) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) participam da cerimônia de entrega de 896 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida, na cidade de Americana (SP), neste sábado (03)

O presidente Michel Temer disse, na manhã deste sábado (2), que no fim da próxima semana o governo deve definir se tem ou não votos para aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

"Nós vamos trabalhar pra ter os votos. E até quinta-feira próxima ou sexta-feira próxima, nós vamos ver se temos os votos", afirmou o presidente, em evento de entrega de unidades do Minha Casa, Minha Vida em Limeira (SP).

"Reforma da previdência, vamos fazer o possível e o impossível para votar", concluiu o presidente.

Para a proposta passar no plenário da Casa, são necessários 308 votos. Nesta semana, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que ainda faltam "muitos votos" para aprovação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos