Facções e sistema prisional têm 'acordo', diz ministro da Defesa

São Paulo

O ministro da Defesa Raul Jungmann afirmou nesta quinta-feira, 28, haver um "acordo tácito" entre forças de controle penitenciário e o crime organizado. Segundo ele, uma varredura organizada pela pasta em 31 unidades prisionais identificou que um entre cada dois presos tem uma arma.

"Isso precisa ser explicado. A ideia que nos ocorre é que existe algum tipo de relação entre o sistema prisional e as gangues de criminosos. Como tudo isso entra em um sistema de segregação e isolamento?", indagou Jungmann nesta quinta. O ministro afirmou ser necessário ainda reavaliar o controle que é feito sobre visitas íntimas, sobre visitas de familiares e até mesmo sobre as de advogados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos