Globo diz em nota que protestar é direito do cidadão, mas dentro da legalidade

Rio

Por meio de nota, a Globo entende que protestar é um direito do cidadão, sempre que dentro da legalidade. "A emissora aproveita para reiterar que cobre os fatos com isenção e profissionalismo e que assim continuará a fazer o seu trabalho", diz o comunicado.

A nota da empresa diz respeito à vigília que manifestantes realizam nesta quarta-feira, 24, na porta de um prédio administrativo da emissora, no Jardim Botânico, zona sul do Rio, em defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que está sendo julgado pelo TRF-4 de Porto Alegre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos