Topo

Maia quer começar a votar projetos de segurança pública na próxima semana

Evaristo Sá/AFP Photo
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Imagem: Evaristo Sá/AFP Photo

Daiene Cardoso, Idiana Tomazelli e Igor Gadelha

Brasília

2018-02-21T21:40:00

21/02/2018 21h40

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na noite desta quarta-feira (21) que a Casa deve começar a pautar na próxima semana os projetos do pacote de segurança pública.

Maia disse que ainda não definiu quais serão os primeiros projetos a serem votados, mas adiantou que gostaria de votar o pacote com medidas contra tráfico de drogas e armas que está sendo elaborado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. Ele também gostaria de votar em breve a criação do Sistema Nacional de Segurança Pública (Sinasp), que integraria os trabalhos das polícias no País.

Leia também:

Maia defendeu endurecer as leis para atacar o crime organizado. "Tem uma questão fundamental que é fluxo de dinheiro e também uma coisa que se reclama muito é que muitas vezes se prende e rapidamente os bandidos vão para a rua. Vamos ver se a gente consegue fechar essas brechas para que os traficantes cumpram de fato uma pena rigorosa", declarou.

O deputado negou que o governo tenha invadido sua agenda de segurança e disse que o governo cuida de sua agenda "lá" e que a Câmara cuida das suas propostas "de cá". "Estou tranquilo, estou no meu ponteiro, na minha pauta", afirmou.

Maia reiterou que ele escolhe a pauta da Câmara e o governo cuida de suas prioridades. "Só achei estranho que era uma pauta que estava aqui", comentou.

O presidente da Câmara já decidiu que durante o período de intervenção no Rio de Janeiro não vai colocar em votação no plenário nenhuma Proposta de Emenda à Constituição (PEC). A tramitação nas comissões, no entanto, ainda está pendente de decisão formal da Casa.