Topo

Janot mobiliza internautas a favor de prisão após condenação em 2ª instância

Pedro Ladeira/Folhapress
Ex procurador-geral da República, Rodrigo Janot Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Daniel Weterman

São Paulo

01/04/2018 10h01Atualizada em 01/04/2018 10h34

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot chamou internautas em uma rede social para se mobilizarem a favor da prisão após condenação em segunda instância. Ele subscreve manifesto que será entregue nesta segunda-feira, 2, aos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) defendendo a manutenção do entendimento atual da corte, que permite a execução da pena após condenação em segundo grau.

"Vamos nos mobilizar? O momento é grave e importante", escreveu Janot, em sua conta no Twitter, na manhã deste domingo, 1º/4. O abaixo-assinado será entregue dois dias antes do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para o dia 4, que tenta evitar uma prisão após ser condenado em segunda instância a 12 anos e um mês no caso do tríplex.