Governo dos EUA envia emissários para avaliar debate no Brasil

Daniel Weterman

São Paulo

O governo dos Estados Unidos enviou três funcionários da embaixada no Brasil para acompanhar o debate entre candidatos à Presidência realizado pela Band, na noite desta quinta-feira, 9.

Emissários do governo do presidente Donald Trump fizeram anotações, conversaram com jornalistas e vão enviar um relatório a Washington com suas impressões sobre o programa.

Na opinião de um dos funcionários da embaixada, que conversou em caráter reservado com o Broadcast Político/Estadão, faltou confronto entre os presidenciáveis brasileiros, diferentemente de como costumam ser os debates da eleição americana.

A principal dúvida do grupo, disse o emissário, é avaliar a probabilidade de um segundo turno entre Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) e até que ponto a estratégia do PT de manter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato terá efeito eleitoral.

Além das propostas e dos comentários, Washington quer monitorar o que os candidatos brasileiros falam sobre os Estados Unidos, disse o funcionário. O país de Donald Trump, porém, não foi tema do diálogo entre os presidenciáveis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos