PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
6 meses

Estado de São Paulo se aproxima da marca de 700 mil infectados pelo coronavírus

Em Osasco, na grande São Paulo, a rua Antônio Agú, principal via do comércio da cidade, ficou cheia. As lojas ficaram cheias e muitas pessoas circulavam sem máscara. A cidade foi uma das que regrediu da fase amarela para fase laranja do Plano São Paulo de flexibilização no combate ao novo coronavírus - ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Em Osasco, na grande São Paulo, a rua Antônio Agú, principal via do comércio da cidade, ficou cheia. As lojas ficaram cheias e muitas pessoas circulavam sem máscara. A cidade foi uma das que regrediu da fase amarela para fase laranja do Plano São Paulo de flexibilização no combate ao novo coronavírus Imagem: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

16/08/2020 17h08

O Estado de São Paulo registrou 2.113 novos casos e 72 óbitos neste domingo, 16, pelo novo coronavírus, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde. No total são 699.643 infectados e 26.852 mortes causadas pela doença.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 55,5% na Grande São Paulo e 57,4% no Estado. O número de pacientes internados é de 12.577, sendo 7.206 em enfermaria e 5.371 em unidades de terapia intensiva.

Dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 643 cidades, sendo 504 com um ou mais óbitos. Das vítimas fatais, 15.506 são homens e 11.346, mulheres.

As mortes continuam concentradas em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 75,6% dessa estatística. Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59%), diabetes mellitus (43,3%) e doenças neurológicas (10,8%).

Coronavírus