Irã libera marinheiros norte-americanos detidos

Em Beirute

  • Reuters/farsnews.com

    Marinheiros americanos são vistos em local não revelado no Irã, em foto divulgado pelo site Farsnews

    Marinheiros americanos são vistos em local não revelado no Irã, em foto divulgado pelo site Farsnews

Os 10 marinheiros norte-americanos detidos na noite da última terça-feira (12) pelas autoridades do Irã no golfo Pérsico foram liberados.

A informação é da emissora estatal de Teerã, citada pela rede "Al Jazeera", que diz que Washington pediu "desculpas" pelo incidente. O grupo estava em dois navios dos Estados Unidos que faziam a rota entre Kuait e Bahrein e entraram em águas territoriais iranianas.  

No entanto, o general Ali Fadavi, comandante da Marinha da Guarda Revolucionária do país persa, disse que a "invasão" ocorreu por causa de "problemas mecânicos" nos sistemas de navegação das embarcações.  

No passado, as duas nações passaram por anos de tensão diplomática, principalmente em função do programa nuclear de Teerã, uma situação que só começou a arrefecer com o histórico acordo assinado no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos