Pelé processa Samsung nos EUA e pede US$ 30 milhões

CHICAGO, 29 MAR (ANSA) - O ex-jogador Pelé abriu um processo na Corte Federal de Chicago, nos Estados Unidos, contra a empresa Samsung por uso impróprio de sua imagem em um anúncio publicitário. A demanda foi apresentada no início de março pelo advogado Fred Sperling, que representa Pelé. O processo diz que a Samsung usou a imagem de um "sósia" de Pelé em campanhas de monitores de televisão veiculadas no jornal "The New York Times".   


O ex-jogador pede US$ 30 milhões de ressarcimento e, de acordo com seu advogado, a imagem confunde os consumidores e prejudica os valores negociados por Pelé em contratos. A Samsung ainda não se pronunciou sobre o caso. Sperling é o advogado que, em agosto do ano passado, venceu um processo de US$ 8,9 milhões em nome do ex-astro do Chicago Bulls Michael Jordan contra a rede de supermercados Dominick's. O caso também se referia a uso impróprio da imagem do ex-atleta em peças publicitárias. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos