Suspeito de ataque em Berlim chegou à Itália pela França

MILÃO, 23 DEZ (ANSA) - Segundo a Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais da Itália (Digos), coordenada pelo chefe das operações antiterrorismo de Milão, Alberto Nobili, o tunisiano Anis Amri, suspeito de ter realizado o ataque ao mercado de Berlim na última sexta-feira (19), chegou à Itália pela França nesta quinta-feira (22).   

O terrorista teria chegado ao país por Chambery, na região francesa de Savoia, e de lá foi para Turim, no Piemonte, de onde pegou um trem para Milão chegando à Estação Central por volta de 1 da manhã desta sexta (22h no horário de Brasília). Amri depois se dirigiu a Sesto San Giovanni, onde por volta das 4h (1h no Brasil) disparou contra os policiais e acabou sendo morto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos