Quem são os mortos e feridos no atentado em Londres?

ROMA, 23 MAR (ANSA) - A polícia do Reino Unido atualizou para quatro o número total de mortos no atentado terrorista ocorrido ontem (22) perto do Parlamento, em Londres. Até o momento, são quatro mortos, incluindo o terrorista, e 40 feridos, sendo que 29 pessoas ainda estão sendo atendidas em hospitais e sete apresentam condições graves.   

De acordo com o chefe de operações especiais da polícia de Londres, Mark Rowley, as vítimas civis são uma mulher de cerca de 45 anos e um homem de aparentemente 55 anos. A terceira vítima é o policial Keith Palmer.   

A mídia britânica afirma que a mulher morta no ataque seria uma professora britânica, de origem espanhola, identificada como Aysha Frade, de 43 anos, que estava indo buscar os filhos de 8 e 11 anos de idade na escola. Já o homem seria um turista norte-americano, Kurt Cochran, que estava de férias com sua mulher.   

Já os feridos, até o momento, sabe-se que há cinco sul-coreanos, três estudantes franceses com idades entre 15 e 16 anos que estavam em viagem a Londres e uma cidadã italiana de Roma. A Scotland Yard reafirmou que o atentado foi "inspirado no terrorismo internacional" e que, provavelmente, o autor do ataque agiu sozinho. As pessoas presas nas últimas horas em diversas operações pelo país não são cúmplices, mas sim, apoiadores do extremismo islâmico no Reino Unido.   

Nas redes sociais, o grupo extremista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque publicando um banner em sua revista oficial, a Amaq. O EI, também chamado de "Daesh" no acrônimo em árabe, afirmou que o atentado foi cometido "por um soldado do califado". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos