Raikkonen nega que Vettel seja 1º piloto: 'Ainda é cedo'

ROMA, 27 ABR (ANSA) - Em quarto lugar no campeonato, com a metade dos pontos de seu companheiro, o finlandês Kimi Raikkonen afirmou nesta quinta-feira (27), em Sochi, na Rússia, que Sebastian Vettel ainda não é o primeiro piloto da Ferrari.   


Após três corridas, o tetracampeão mundial está na liderança da tabela, com 68 pontos e duas vitórias, enquanto o "homem de gelo" tem apenas 34, sendo seus melhores resultados um quarto lugar na Austrália e outro no Bahrein.   


"Ainda não falamos com a equipe sobre essas coisas. Me parece que ainda é cedo", declarou Raikkonen, durante uma coletiva de imprensa em Sochi, que recebe a próxima etapa da Fórmula 1.   


"Essa Ferrari é muito boa, depende de mim aproximá-la de meu estilo, tentando melhorar", acrescentou.   


O Grande Prêmio da Rússia será disputado no domingo que vem, dia 30 de abril, às 9h (horário de Brasília). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos