Itália prende grupo que furtava malas de voos para SP

Em Roma

  • Getty Images

A Polícia de Fronteira do Aeroporto de Fiumicino, situado nos arredores de Roma, capital da Itália, prendeu cinco pessoas acusadas de furtarem objetos de bagagens despachadas. 

A operação foi deflagrada após diversas denúncias por parte de algumas companhias aéreas e das autoridades aeroportuárias de outros países.

Depois de diversas tentativas de flagrante, a polícia conseguiu identificar cinco funcionários logo depois de eles terem furtado objetos de valor de bagagens que embarcariam em um voo para São Paulo.

As prisões ocorreram no último dia 11 de maio, e os criminosos agiam sobretudo em voos intercontinentais noturnos, já que tinham bastante tempo até os passageiros perceberem o furto. Os objetos serão devolvidos a seus proprietários, que foram identificados assim que o avião pousou em São Paulo. 

Os funcionários foram denunciados por furto agravado e podem pegar até cinco anos de cadeia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos