Departamento de Justiça dos EUA abre causa contra FCA

ROMA, 23 MAI (ANSA) - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu uma causa contra a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) por conta de supostas irregularidades em veículos com motor a diesel vendidos no mercado norte-americano.   

O governo acusa a FCA de ter equipado 104 mil carros com um software que não teria sido declarado a inspetores durante os procedimentos de certificação. Segundo o Departamento de Justiça, esse sistema serviria para burlar controles de emissão de poluentes.   

O caso nasceu de uma denúncia da Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês), que acusa a FCA de ter violado o "Clean Air Act" ("Ato do Ar Limpo", em tradução livre), conjunto de normas sobre poluição atmosférica.   

A empresa se disse "contrariada" com a decisão do Departamento de Justiça e destacou que pretende "se defender com força, principalmente contra a acusação de que teria deliberadamente tramado para instalar equipamentos de manipulação para evitar os testes de emissões nos Estados Unidos".   

Se condenada, a FCA pode ter de pagar multas milionárias. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos