Há 10 anos, primeiro iPhone chegava às lojas

SÃO PAULO, 29 JUN (ANSA) - Telefone, leitor de música, dispositivo para acessar a internet, videogame, agenda e câmera fotográfica. Foi juntando todas essas funções em um só objeto que Steve Jobs, um dos empresários mais influentes do mundo, "deu à luz" o precursor de todos os smartphones: o iPhone.   

A apresentação que mudou os rumos dos celulares aconteceu no dia 9 de janeiro de 2007, em São Francisco, mas o então inovador aparelho sem teclado de botões da Apple chegaria às lojas quase seis meses depois, em 29 de junho.   

O primeiro modelo do iPhone se chamava "2G", ou "Edge", e tinha um display pequeno comparado aos atuais. Mas, na época, era considerado tecnologia "de ponta".   

Somente em 29 de junho de 2007, 525 mil unidades foram vendidas.   

No fim do mesmo ano, o "queridinho" de Jobs estreou no Reino Unido, na França, na Itália e, a partir daí, no mundo todo.   

Já se passaram 10 anos da estreia do produto mais rentável da história da Apple, e ele continua sendo o responsável por dois terços de sua receita anual. E apesar de muitas críticas, o iPhone e seu design minimalista, com um software exclusivo, não só sobreviveram aos anos, como continuam sendo febre global.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos