Um ano após decepção no Rio, Pellegrini leva ouro no Mundial

ROMA, 26 JUL (ANSA) - Quase um ano depois da decepção nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, a italiana Federica Pellegrini, 28 anos, se redimiu em grande estilo e conquistou nesta quarta-feira (26) o ouro nos 200m nado livre no Mundial de Esportes Aquáticos, disputado em Budapeste, na Hungria.   


Com um tempo de 1m54s73, a "Divina" superou a campeã olímpica Katie Ledecky, dos Estados Unidos, e a australiana Emma McKeon, bronze no Rio. Ambas terminaram a prova em 1m55s18. Esse é o terceiro ouro de Pellegrini nos 200m em mundiais (2009, 2011 e 2017), além de ter também três pratas (2005, 2013 e 2015) e um bronze (2007) na prova.   


"Agora posso dizer que estou em paz. Queria uma medalha importante após aquilo que aconteceu no ano passado, mas não pensava no ouro", declarou Pellegrini, acrescentando que essa foi a última vez que ela nadou os 200m livre, sua disputa favorita.   


"Continuarei nadando, mas seguindo outro caminho", disse a italiana, que pretende disputar os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio. A "Divina" chegara ao Rio como a principal estrela da delegação da Itália - ela fora inclusive porta-bandeira do país - e estava entre as favoritas nos 200m.   


No entanto, após bons tempos nas eliminatórias, acabou apenas na quarta posição, atrás de Ledecky, da sueca Sarah Sjostrom e de McKeon. Depois daquela decepção, Pellegrini chegou a falar em se aposentar, mas mudou de ideia poucas semanas depois.   


Em sua carreira, a italiana tem duas medalhas olímpicas, sendo uma prata (2004) e um ouro (2008), e 10 em mundiais (cinco ouros, quatro pratas e um bronze). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos