Trump ironiza aquecimento global em meio ao frio extremo

NOVA YORK, 29 DEZ (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ironizou nesta sexta-feira (29) o aquecimento global, enquanto o norte do país sofre por uma onda de frio extremo com temperaturas de até -40 graus Celsius. "No leste, esta poderá ser a véspera de Ano Novo mais FRIA de todos os tempos. Talvez possamos usar um pouco daquele bom e velho aquecimento global que atinge nosso país, e nenhum outro, estava se preparando para pagar TRILHÕES DE DÓLARES para combater. Agasalhem-se! ", escreveu o republicano em sua conta no Twitter.   

A mensagem de Trump causou extrema indignação entre internautas e cientistas sobre a falta de compreensão do magnata sobre as mudanças climáticas.   

"A mudança climática é muito real, mesmo quando faz frio do lado de fora da Trump Tower neste momento", ironizou no Twitter o diretor da Academia de Ciências da Califórnia, Jon Foley.   

"Da mesma maneira, a fome permanece no mundo a fome permanece no mundo, apesar de alguém acabar de comer um Big Mac", disse Foley.   

Já a deputada democrata por Washington Pramila Jayapal afirmou que "a meteorologia não é a mesma coisa que o clima. Até o presidente pode entender isto. Não é tão complicado".   

Há alguns dias, os Estados Unidos e o Canadá enfrentam uma onda de frio sem precedentes. Em algumas cidades norte-americanas, os termômetros chegaram a marcar -40ºC. Além disso, muitas localidades registraram recorde de queda de neve, o que levou municípios a declarar estado de emergência. Neste ano, Trump se mostrou bem cético em relação às mudanças climáticas, sentimento que o fez retirar os Estados Unidos do Acordo sobre o clima de Paris. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos