Aos 103 anos, morre poeta chileno Nicanor Parra

SANTIAGO, 23 JAN (ANSA) - O escritor chileno Nicanor Parra, de 103 anos, morreu nesta terça-feira (23). As informações são do ministro da Cultura do Chile, Ernesto Ottone, que anunciou o falecimento em sua conta do Twitter.   


Parra morava em Las Cruces, no litoral chileno, e passou seus últimos dias de vida em sua residência. Ele é um dos mais influentes poetas do século 20 e é considerado "pai da antipoesia" - uma poesia de ruptura que utiliza personagens anti-heroicos e linguagem humorística em suas construções.   


Dentre suas obras destacam-se "Folhas de Parra", "Poesia e Antipoesia" e "Versos de Salão". Além disso, o escritor é reconhecido mundialmente e, inclusive, recebeu o Prêmio Cervantes, um dos maiores reconhecimentos da literatura em língua espanhola, em 2011.   


Parra, além de poeta, é também matemático. Ele estudou no Instituto Pedagógico da Universidade do Chile, a partir de 1933, e tem pós-graduação na Universidade Brown, nos Estados Unidos.   


A presidente do Chile, Michelle Bachelet, lamentou a morte do autor no Twitter. "O Chile perdeu um dos maiores autores da nossa história literária e uma voz singular na cultura ocidental. Estou comovida pelo falecimento de Nicanor Parra.   


Meus mais profundos pêsames a sua família", escreveu. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos