F1 anuncia fim do uso das 'grid girls' nas provas

LONDRES, 31 JAN (ANSA) - A Fórmula 1 anunciou nesta quarta-feira (31) que as famosas "grid girls", as modelos que ficam segurando os números dos pilotos nas pistas de corrida, não serão mais usadas durante os fins de semana de provas da categoria. A decisão já vale para as disputas desse ano, que começam em 25 de março.   


A medida, anunciada através de comunicado, está no contexto de uma extensa reformulação da categoria feita pela Liberty Media.   


Para o diretor de marketing da F1, Sean Branches, essa prática "não faz parte dos valores da marca", além de ser algo questionável "com as normas da sociedade moderna".   


"Ao longo do último ano, analisamos uma série de áreas que achamos necessário atualizar de modo a estar mais em sintonia com nossa visão para este esporte fantástico. Embora a prática de empregar 'grid girls' tenha sido um elemento básico de GPs de F1 por décadas, nós sentimos que isso não estava de acordo com os valores da nossa marca e claramente está em desacordo com as normas da sociedade moderna", acrescentou.   


Para a direção da Liberty Media, a prática de fazer os desfiles com as modelos "não é mais apropriada ou relevante para a F1 ou seus fãs, sejam eles novos ou velhos, ao redor de todo o mundo".   


Desde que assumiu o controle da categoria, que deixou de estar nas mãos de Bernie Ecclestone depois de mais de 30 anos, a Liberty vem tentando fazer uma série de medidas para reconquistar fãs ao redor do mundo, especialmente, os mais jovens.   


No ano passado, a categoria começou a usar mais e de maneira mais intensa as redes sociais, gerando mais interatividade com o público. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos