PUBLICIDADE
Topo

Buffon desiste de aposentadoria e retorna à seleção da Itália

27/02/2018 13h03

FLORENÇA, 27 FEV (ANSA) - Após decretar sua aposentadoria da seleção italiana, o goleiro Gianluigi Buffon, de 40 anos, anunciou nesta terça-feira (27) que irá voltar a vestir a camisa da Azzurra para disputar os amistosos contra a Argentina e a Inglaterra.   


Agora sob o comando do treinador interino Luigi Di Biagio, Buffon decidiu voltar atrás da decisão, após o fatídico jogo contra a Suécia, em novembro, que tirou a Itália da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.   


"Pensava em curtir alguns dias de férias com minha família, mas quando a seleção precisa você tem que estar disponível e não pode decepcionar o país", disse o goleiro ao canal "Mediaset".   


Anteriormente, Di Biagio havia anunciado que pretendia convocar Buffon para a seleção, explicando que não era justo ele encerrar sua trajetória na Azzurra com a eliminação diante da Suécia.   


"Apenas tenho um senso de responsabilidade e lealdade à seleção neste momento de transição. Um jogador experiente pode ser útil no começo, ainda que seja somente para dar conselhos aos jovens", acrescentou Buffon.   


Passando por uma reconstrução, a tetracampeã mundial enfrentará a Argentina, em Manchester, e a Inglaterra, em Londres, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.   


A ausência de Buffon na Copa do Mundo impedirá o goleiro de ser tornar o primeiro atleta a disputar seis Mundiais, tendo ganho a de 2006, disputado na Alemanha. O goleiro possui 175 partidas pela Itália.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.