Facebook notificará usuários que tiveram dados violados

ROMA, 05 ABR (ANSA) - O Facebook anunciou nesta quinta-feira (5) que a partir do dia 9 de abril começará a notificar os usuários da rede social que tiveram seus dados usados ilegalmente pela consultoria britânica Cambridge Analytica.   

De acordo com os dados divulgados ontem (4) pelo diretor de tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, 87 milhões de pessoas tiveram seus perfis na rede social violados de forma imprópria para fins políticos.   

Na Itália, o número de pessoas que podem ter tido seus dados usados ilegalmente passa de 214 mil. Além disso, as autoridades de privacidade do país anunciaram que irão pedir ao Facebook mais informações sobre os italianos envolvidos no escândalo.   

Já no Brasil, mais de 440 mil usuários podem ter sido afetados.   

Hoje (5), a Austrália também anunciou medidas contra o Facebook devido ao escândalo e revelou que abriu uma investigação formal para avaliar se a rede social violou as regras de privacidade da nação. Mais de 310 mil australianos tiveram seus dados violados.   

As informações pessoais de usuários foram supostamente utilizadas para a campanha presidencial de Donald Trump em 2016 e a grupos pró-Brexit.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos