Combustível esgota em aeroporto de Brasília

BRASÍLIA, 25 MAI (ANSA) - O aeroporto internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, informou nesta sexta-feira (25) que está sem reserva de combustíveis devido à greve geral de caminhoneiros, a qual impede que os caminhões-tanques cheguem ao local. A empresa Inframérica, que administra o aeroporto, anunciou que, diante da situação, todos os aviões que aterrissarem deverão permanecer em solo até que o fornecimento de combustível se normalize. Com a possibilidade de que a falta de combustíveis se agrave nos próximos dias, as companhias aéreas Latam e Avianca não cobrarão multas aos passageiros que remarcarem suas viagens. Já a Azul cancelou ao menos 13 voos. A American Airlines cancelou de forma preventiva o voo que vinha de Miami e que pousaria no aeroporto de Brasília às 7h35. Com isso, automaticamente, o voo que partiria da capital brasileira às 21h55 também acabou cancelado. Hoje, a maioria dos postos de combustíveis da Asa Sul de Brasília fecharam. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos