Duque e Petro vão ao 2º turno das eleições na Colômbia

BOGOTÁ, 28 MAI (ANSA) - Os candidatos Iván Duque, do partido conservador Centro Democrático, e o ex-guerrilheiro Gustavo Petro vão para o segundo turno das eleições presidênciais da Colômbia, que será disputado no dia 17 de junho.   

No total, 19,6 milhões de colombianos foram às urnas neste domingo (27) para eleger o novo presidente do país, que irá substituir o atual mandatário, Juan Manuel Santos.   

De acordo com o Registro Nacional, organizadora do pleito, Duque, que é apoiado pelo ex-presidente Álvaro Uribe, teve 39,14% dos votos e conquistou a liderança. Atrás dele, em segundo lugar, com 25% , ficou Petro, que foi prefeito de Bogotá e é ex-guerrilheiro do dissolvido M-19.   

Sergio Fajardo (23,73%), da Coalização Colômbia, ficou em terceiro, seguido pelos candidatos Germán Vargas Lleras (7,28%), do Melhores Vargas Lleras; Humberto de la Calle (2,06%), do Partido Liberal; e, por fim, Jorge Trujillo (0,39%), do movimento Somos Todos Colômbia.   

O pleito de ontem foi o primeiro, em meio século, sem ameaças do ex-grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).   

O resultado das eleições do segundo turno decidirá o futuro do acordo de paz com as Farc, se será cancelado ou renovado, já que Duque e Petro têm opiniões diversas sobre o tratado.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos