Florença lembra 25 anos de atentado da Cosa Nostra

FLORENÇA, 28 MAI (ANSA) - A cidade de Florença, na Itália, lembrou neste domingo (27) o atentado ocorrido há 25 anos na Via dei Georgofili, que deixou cinco pessoas mortas, 48 feridos e danos enormes ao patrimônio histórico e artístico do município.   

Em homenagem às vítimas, houve um cortejo na Piazza della Signoria, com a presença do prefeito Dario Nardella. À 1h04 (horário do ataque), os manifestantes depositaram uma coroa de flores e fizeram um minuto de silêncio.   

Na praça, milhares de pessoas assistiam à manifestação e à execução de algumas partes da ópera "Madama Butterfly", de Giacomo Puccini.   

"À 1h04 de 27 de maio de 1993, um barulho devastador ecoou em Florença. Francesco, Angela, as filhas deles, Nadia e Caterina, e o jovem Dario vivem em nossos corações. Florença não se esquece. Sem memória não há futuro", escreveu Nardella no Twitter.   

O ministro de Esportes da Itália, Luca Lotti, também recordou o aniversário do atentado em um tweet. "27 de maio de 1993.   

Florença, para que você não se esqueça. Após 25 anos, ao lado dos representantes institucionais e de tantos cidadãos, se honra a memória das vítimas inocentes de uma violência injustificável", disse.   

Na madrugada de 26 para 27 de maio de 1993, uma bomba explodiu dentro de um automóvel na Via Georgofili, perto das Gallerie degli Uffizi. O atentado foi atribuído à máfia siciliana Cosa Nostra. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos