PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Espanha deporta 116 migrantes ilegais ao Marrocos

24/08/2018 11h46

ROMA, 24 AGO (ANSA) - A polícia da Espanha deportou nesta sexta-feira (24) os 116 migrantes subsaarianos que romperam as barreiras de segurança e invadiram Ceuta, enclave do país no Marrocos, na última quarta (22).   

Para realizar a repatriação, a Espanha se baseou em um acordo assinado em 1992 com as autoridades marroquinas. O tratado prevê a expulsão em menos de 10 dias de cidadãos que entrarem em solo espanhol ilegalmente por meio do país magrebino.   

Desde o início do ano, mais de 25 mil migrantes chegaram à costa espanhola, transformando o país na principal porta de entrada na Europa. A expulsão, no entanto, contraria o posicionamento antigo dos socialistas espanhóis e é alvo de críticas de ONGs.   

Por outro lado, o Ministério do Interior afirmou, através de um porta-voz, que "todos os requisitos da lei de estraneidade espanhola foram cumpridos". Os enclaves de Ceuta e Melilla são as únicas fronteiras terrestres da União Europeia com o continente africano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional