PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro recebe premier de Israel e promete grande parceria

28/12/2018 16h13

SÃO PAULO, 28 DEZ (ANSA) - O presidente eleito, Jair Bolsonaro, se reuniu nesta sexta-feira (28) com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, para discutir "novos rumos para as nações".   


Bolsonaro afirmou que as "expectativas são as melhores" em um "momento inédito" para ambos os países e expressou sua pretensão de colocar em prática uma "política de grande parceria com Israel".   


No encontro, os dois líderes se comprometeram em estreitar os laços entre os países, além de realizarem acordos de cooperação em várias áreas. "Mais do que parcerias, em economia, tecnologia e tudo aquilo que possa trazer benefícios para os dois países", disse o presidente eleito.   


Além disso, Bolsonaro ainda afirmou que está planejando visitar Israel em março de 2019.   


Netanyahu, por sua vez, ressaltou a disposição de seu governo para estabelecer parcerias. "Israel quer ser parceira do Brasil nessa empreitada. Entendemos que nossa cooperação mútua possa render enormes benefícios em áreas como economia, segurança, agropecuária, recursos hídricos, todas as esferas da atividade humana". O primeiro-ministro de Israel pousou no território brasileiro por volta das 11h15 desta sexta-feira e foi recebido pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella. A reunião teve início às 14h (horário local). Antes de entrarem no prédio das Forças Armadas, Netanyahu e Bolsonaro apertaram as mãos e posaram para fotos. Em seguida, eles iniciaram o diálogo, com ajuda de intérpretes, em uma sala decorada com as bandeiras dos dois países. "Israel é a Terra prometida, e o Brasil é a terra da promessa, do futuro", afirmou o premier israelense. Durante o encontro, Bolsonaro presenteou Netanyahu com uma medalha em uma faixa azul. "É informal, mas é do coração", disse o brasileiro. O premier, por sua vez, brincou: "Muitas coisas já foram ditas sobre mim, muitas coisas já foram jogadas sobre mim, mas eu nunca recebi uma medalha assim".   


Esta é a primeira visita do premier israelense ao Brasil. Ele ficará no país até o próximo dia 1º de janeiro, quando participará da cerimônia de posse de Bolsonaro. Ainda hoje, Netanyahu irá a um evento na sinagoga Beit Yaakov e amanhã (29) cumprirá compromissos privados. O político chega ao país no momento em que o presidente eleito defende a mudança da Embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém, mesma medida tomada pelo governo norte-americano de Donald Trump, mas que tem gerado polêmica devido as disputas por questões políticas e religiosas entre judeus e muçulmanos na região. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.