Topo

Magnata preso vai a 2º turno de eleição na Tunísia

17/09/2019 14h21

TÚNIS, 17 SET (ANSA) - O jurista independente Kais Saied, com 18,4% dos votos, e o magnata Nabil Karoui, com 15,58%, disputarão o segundo turno das eleições presidenciais na Tunísia.   

O anúncio foi feito pela Comissão Superior Independente para as Eleições (Isie), dois dias após a votação do último domingo (15). O segundo turno deve ocorrer até 13 de outubro.   

O expoente do partido islâmico Ennahda Abdelfattah Mourou ficou em terceiro lugar, com 12,9%, seguido pelo ministro demissionário da Defesa, Abdelkrim Zbidi, com 10,7%, e pelo primeiro-ministro Youssef Chahed, com 7,4%.   

A afluência foi de apenas 45,02% dos eleitores tunisianos. O ultraconservador e professor de direito Saied desafiará o empresário populista Karoui, que está preso por lavagem de dinheiro e evasão de divisas.   

Um deles substituirá Beji Caid Essebsi, morto em julho passado, aos 92 anos de idade. Na Tunísia, o presidente exerce apenas o cargo de chefe de Estado e cuida de assuntos como política externa, defesa e segurança nacional.   

Essa é a segunda vez que os tunisianos elegem seu presidente desde a Primavera Árabe, em 2011, que derrubou o ditador Zine El Abidine Ben Ali. As eleições legislativas serão em 6 de outubro.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Mais Notícias