PUBLICIDADE
Topo

Tensão entre Grécia e Turquia sobe após acusação de invasão

22/07/2020 16h14

ATENAS, 22 JUL (ANSA) - A Marinha da Grécia anunciou nesta quarta-feira (22) que enviou navios ao mar Egeu para ficarem em "alerta" devido às atividades de exploração realizadas pelas forças turcas, revelaram fontes oficiais.   

A Grécia e a Turquia estão sob tensão desde o início da semana, quando as autoridades gregas acusaram Ancara de invadir suas águas com navios de prospecção de petróleo e gás para explorar a área marítima ao sul da ilha de Kastelorizo.   

"As unidades da Marinha foram implantadas desde ontem no sul e sudeste do mar Egeu", explicou a fonte à agência francesa AFP, sem dar mais detalhes.   

A medida foi tomada um dia depois do protesto formal contra a Turquia feito pelo Ministério das Relações Exteriores da Grécia, após o governo turco anunciar um plano de navegação que ignora os apelos das nações europeias para evitar a escalada de tensão.   

Segundo as autoridades de Ancara, o navio de pesquisa Oruc Reis e duas outras embarcações de apoio realizariam operações em águas ao sul das ilhas gregas de Rhodes, Karpathos e Kastelorizo até agosto. "As reinvindicações da Grécia em sua plataforma continental são contrárias ao direito internacional", rebateu o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Turquia, Hami Aksoy, em comunicado. Logo depois da declaração, um grupo de militares turcos foi convocado com urgência na região sudeste do Egeu, de acordo com fontes militares. Para a porta-voz da Comissão Europeia, Nabila Massrali, a decisão da Turquia envia uma "mensagem errada". A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, por sua vez, tenta mediar a crise com os líderes dos dois países e com o Departamento de Estado norte-americano. Ela também pediu para Ancara suspender as atividades nas águas que são alvo de disputa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.