PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido tem maior 'excesso' de mortes desde 2ª Guerra

12/01/2021 12h08

LONDRES, 12 JAN (ANSA) - O Reino Unido registrou em 2020 o maior "excesso" de mortes em relação à média dos cinco anos anteriores desde a Segunda Guerra Mundial.   

Segundo dados do Gabinete Nacional de Estatísticas (ONS), o país contabilizou cerca de 697 mil óbitos no ano passado, aproximadamente 91 mil a mais do que a média do período entre 2015 e 2019.   

Isso representa um acréscimo de 15%, índice que, de acordo com a rede britânica BBC, não era visto desde a Segunda Guerra Mundial. Considerando cifras absolutas, o total de mortes em 2020 é o maior para um único ano desde 1918, quando o país enfrentava a Primeira Guerra Mundial e Gripe Espanhola.   

Segundo a Universidade Johns Hopkins, o Reino Unido contabilizou 73.622 óbitos causados pelo novo coronavírus em 2020 e 82.096 até a última segunda-feira (11). O país foi o primeiro no Ocidente a iniciar a vacinação contra a Covid-19 em larga escala e já imunizou 3,94% de sua população.   

O próprio governo diz que o Reino Unido enfrenta a pior fase da pandemia e estuda endurecer o lockdown para conter os contágios.   

(ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.