PUBLICIDADE
Topo

Mãe de jovens com microcefalia usou o WhatsApp para ajudar outras mães

27/01/2016 13h02

Viviane Lima, de 35 anos, vive em Manaus e é mãe de duas adolescentes com microcefalia. Desde que decidiu contar sua história no Facebook, foi procurada por mulheres de todo o Brasil para dar conselhos e dicas de estímulo às crianças. Agora, reúne mais de 150 mães em um grupo de WhatsApp.

A microcefalia, que pode ser causada por problemas genéticos ou infecções que atingem os bebês ainda na gravidez, é uma má-formação do cérebro que dificulta o desenvolvimento do órgão.

Por causa disso, a criança pode ter desde problemas cognitivos, passando por deficiências visuais, motoras e auditivas, ou desenvolver transtornos ou síndromes mais sérias.