Laser ofusca visão de piloto, e avião é forçado a dar meia-volta

Um voo que ia do aeroporto de Heathrow, em Londres, a Nova York precisou dar meia-volta neste domingo, depois que um feixe de luz laser ofuscou a visão do piloto, de acordo com a Virgin Atlantic, companhia aérea responsável pela viagem.

A tripulação disse aos controladores de tráfego aéreo que havia um "problema médico" com um dos pilotos após o incidente com o laser.

O voo foi adiado durante a noite e os 252 passageiros foram levados a hotéis. O caso está sendo investigado.

Apontar laser para um avião é crime no Reino Unido, tipificado em lei de 2010 que condena o ato de "apontar uma luz para uma aeronave em voo, de modo a ofuscar a visão do piloto".

No Brasil, segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), direcionar canetas a laser a aviões pode ser considerado atentado contra segurança do transporte aéreo, previsto no artigo 261 do Código Penal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos