'Não quero que você seja baleada': menina de 4 anos tenta acalmar mãe após namorado ser morto pela polícia

Imagens inéditas do caso Philando Castile recém-divulgadas por autoridades americanas mostram uma criança de quatro anos tentando consolar a própria mãe após as duas testemunharem um disparo feito pela polícia.

Castile foi baleado quando supostamente pegava sua carteira de motorista no carro, a pedido de um policial, em St Paul, Minnesota, no dia 6 de julho de 2016.

O caso teve grande notoriedade nos Estados Unidos por causa de uma transmissão em vídeo feita ao vivo no Facebook por sua namorada, Diamond Reynolds, que estava no mesmo carro cercado por policiais.

As novas imagens mostram a filha de Reynolds, de quatro anos, saindo de carro de Castile após o disparo e o diálogo de mãe e filha dentro do carro da polícia.

Diamond Reynolds chora e grita no banco do carro, e a criança tenta acalmá-la.

"Está tudo bem, eu estou aqui com você", diz a menina após a mãe gritar, desesperada.

"Mãe, por favor, pare de gritar e praguejar porque eu não quero que você seja baleada."

O policial que o matou, Jeronimo Yanez, foi inocentado pela Justiça na semana passada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos