Hollande e Merkel lembram cem anos da Batalha de Verdun

Líderes participam de cerimônia no Ossário de Douaumont, onde estão os restos mortais de mais de 130 mil soldados franceses e alemães não identificados. Batalha é símbolo das atrocidades da Primeira Guerra Mundial.

O presidente François Hollande e a chanceler federal Angela Merkel lembrarão neste domingo (29/05) os mais de 300 mil soldados mortos na Batalha de Verdun, uma das mais simbólicas da Primeira Guerra Mundial. Os dois líderes visitarão diversos locais relacionados à batalha, como um cemitério de soldados alemães e a prefeitura da cidade francesa de Verdun.

O ponto alto da cerimônia será a visita ao Ossário de Douaumont, onde estão os restos mortais de mais de 130 mil soldados franceses e alemães não identificados. Com a visita de Merkel e Hollande será inaugurada uma inscrição que diz que mortos de ambos países estão ali guardados. Principalmente as associações de soldados franceses se opuseram durante anos à menção, no local, aos soldados alemães.

A batalha, também chamada de "Inferno de Verdun", assolou a Europa por 300 dias de 1916 e é um símbolo da carnificina da Primeira Guerra Mundial. Com suas presenças, Merkel e Hollande lembrarão também o histórico aperto de mão de seus antecessores François Mitterrand e Helmut Kohl, em 1984, no mesmo local. Com o gesto, cujas imagens correram mundo, os dois líderes marcaram a reconciliação franco-alemã.

No domingo, o diretor alemão Volker Schlöndorff encenará um encontro entre Hollande e Merkel com cerca de 3.400 jovens de ambos os países. Já neste sábado, pessoas lembraram, em uniformes históricos, no centro da cidade de Verdun, a batalha e a Primeira Guerra Mundial.

Merkel apreciou o convite francês para a comemoração conjunta e disse que se trata de um sinal da grande confiança mútua que existe entre os dois países. O convite mostra que as atuais relações entre Alemanha e França são muito boas, afirmou a chanceler neste sábado, em mensagem de vídeo divulgada na internet.

FC/dpa/epd/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos