Militar alemão é preso sob acusação de terrorismo

Investigação aponta que soldado preparava grave crime contra o Estado e escondeu arma no aeroporto de Viena para realizar atentado. Em 2015, ele se passou por refugiado sírio e deu entrada em pedido de refúgio.O Ministério Público em Frankfurt informou nesta quinta-feira (27/04) que um militar da Bundeswehr (Forças Armadas Alemãs) foi preso sob a acusação de terrorismo. O militar de 28 anos foi detido durante um curso que realizava em Hammelburg, na Baviera. Ele estava estacionado em Illkirch, na fronteira entre a França e a Alemanha. Investigações apontaram que, em 2015, o acusado usou um nome falso para se passar por refugiado sírio e, mais tarde, deu entrada no pedido de refúgio. O Ministério Público disse que o primeiro-tenente teria recebido dinheiro como refugiado desde janeiro de 2016. As autoridades afirmaram que, em janeiro último, o militar havia escondido uma arma carregada num banheiro do aeroporto de Viena. Quando ele voltou para pegá-la, em fevereiro, foi preso temporariamente. O acusado não tinha permissão para usá-la. As Forças Armadas Alemãs confirmaram a prisão. Segundo a Bundeswehr, o soldado estaria preparando, com a arma apreendida em Viena, um grave crime contra o Estado. Na esteira das investigações, nesta quarta-feira, 90 policiais alemães, como também austríacos e franceses, fizeram buscas em 16 lugares na Alemanha, Áustria e França. CA/afp/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos